segunda-feira, 28 de maio de 2040


O LIVR0: MOMENTO PRESENTE
 
“Um livro deve ser o machado que partirá os mares congelados dentro de nossa alma !”
Franz Kafka 

Prezados amigos; companheiros desta jornada terrena !!!
É com imensa alegria que comunicamos a publicação, pelo Instituto Vortexpsi, do livro "Momento Presente" ☺


Este livro, através da sua leitura e prática das atividades propostas, pretende auxiliar a todos aqueles que necessitam conhecer ou aprofundar as técnicas de Senso Percepção necessárias para transformar o stress crônico desse mundo moderno em que vivemos, em um poderoso aliado na busca de uma saúde integral e do autoconhecimento – fatores imprescindíveis em nossa evolução como seres biopsicoespirituais.

Para aqueles que tiverem interesse em adquirir o mesmo, ou indicar para um amigo(a), informamos que está disponível para venda em diversos locais físicos e virtuais:


  • Sandrananda Casa de Yoga ( R. Leopoldo Augusto Gerente, 184- Centro- Jaraguá do Sul – S.C. Fone:  47 3374 0292);

  •  Surya Yoga (R. Olívio Domingos Brugnago, 247- Vila Nova - Jaraguá do Sul – S.C. Fone:  47 3275 3881); 
         
  • Grafipel - Livraria, Papelaria, Presentes ( R.Quintino Bocaiúva, 42- Centro, Jaraguá do Sul- SC Fone: 47 32750137); 

  • Espaço INSPIRE (R. Tomás Francisco de Góes,414- Nova Brasília, Jaraguá do Sul-SC Fone: (73) 99148-0721);

  • Plêiades- Espaço Integrado da Saúde (Rua: Governador Jorge Lacerda,218 – Centro, Jaraguá do Sul-SC);

  • Essencial & Divino Espaço Terapêutico
    (Rua Alberto Klug, 30 – Divinéia. Rio dos Cedros-SC
    Contato: Edgna Humbelino - (47) 98812 6967);






Os recursos arrecadados com a comercialização desse
livro serão destinados ao Instituto Vortexpsi (Entidade Filantrópica sem fins lucrativos, que divulga e promove as Terapias de Senso Percepção e Vibracionais, através de livros; palestras e workshops).


GratidOmmmm
E Namastê, By Khalid e Akhila. 



segunda-feira, 19 de agosto de 2019



No dia 09/08/2019 as 15:30hs encerramos a semana da SIPAT na Empresa WISE Transformadores, com a Palestra: Stress no Trabalho- de Inimigo a Aliado.
O Instituto Vortexpsi, através desse trabalho nas SIPAT’s,  visa estimular a adoção diária do uso de técnicas simples de senso percepção (grandes empresas dos EUA e Europa já as praticam), pois acredita que sua utilização, assim  como a ginástica laboral, reduzirá drasticamente o absenteísmo no trabalho - fato que é bom para as empresas como também para cada trabalhador - pois estimula a busca do autoconhecimento tão necessário para obtenção de um estado de saúde integral (prevenção sempre é mais eficaz do que correção).
Foi muito gratificante podermos ter compartilhado nossas experiências com os colaboradores da WISE.
Agradecemos ao Sr. Márcio Braga do Departamento de Tecnologia da Informação que fez esse “link” e nos possibilitou estarmos PRESENTES...neste MOMENTO.... Único!!!
No final da Palestra realizamos o sorteio de um Livro “Momento Presente”, do qual o colaborador Joel Nobre Jr. foi o ganhador. Também foram adquiridos pelos participantes mais exemplares do mesmo, cujo valor arrecadado contribui para a sustentabilidade do Instituto 😊
Acompanhe abaixo algumas fotos do evento.
E para saber mais sobre o trabalho da WiSE Transformadores, acesse o  site:       www.wisetransformadores.com.br



Hora do Relaxamento (improvisamos, debruçados na mesa).

Joel, ganhador do sorteio.




quarta-feira, 29 de maio de 2019



STRESS = DOENÇAS

FINALMENTE!!! O STRESS CRÔNICO (SÍNDROME DE BURNOUT), CAUSA OCULTA DE MUITAS ENFERMIDADES E DISTÚRBIOS PSICOLÓGICOS É RECONHECIDO COMO UMA DOENÇA !!!
CONTINUAREMOS COLABORANDO COM A HUMANIDADE ATRAVÉS DE NOSSO TRABALHO DE DIVULGAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO!!! 

 INSTITUTO VORTEXPSI





quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

A Consciência é a única Moral !

A consciência é a única moral. Consciência significa que, seja o que for que estiver acontecendo em determinado momento, você está plenamente consciente, você está PRESENTE. Por exemplo, se você está presente quando sente raiva, a raiva não se manifesta; ela só consegue se manifestar se você estiver adormecido. Se você está consciente, presente, tudo aquilo que se chama de pecado" não tem como acontecer. Na realidade, existe apenas um pecado: é a inconsciência. Esteja presente! Essa é a única coisa necessária, nada mais. Você não precisa mudar nada; aliás, mesmo que tentasse mudar, não conseguiria. Faz tempo que você vem tentando mudar várias coisas em seu ser. E por acaso conseguiu? Quantas vezes você já decidiu que nunca ficaria com raiva de novo? O que aconteceu com essa decisão? Quando o momento se apresenta, lá está você, preso na mesma armadilha: você fica com raiva e, após a raiva ter passado, novamente se culpa. Tornou-se um círculo vicioso...  Lembre-se: até mesmo ao se arrepender, você não está presente; esse arrependimento é só uma parte do "pecado". Por isso nada acontece. Você tenta uma vez atrás da outra, toma milhares de decisões, faz milhares de promessas, mas nada acontece: você permanece o mesmo... E não é que você não tenha tentado, que não tenha se esforçado o suficiente; pelo contrário, você tentou várias e várias vezes, mas sempre fracassou. Por quê? Porque não se trata de uma questão de esforço. O esforço não serve para nada. É uma questão de estar consciente, e não de fazer esforço.Traga um pouco mais de consciência para a sua vida.Tudo o que fizer, faça de uma forma menos automática do que vem fazendo até hoje... Por exemplo, quando estiver caminhando, não caminhe como um robô. Não caminhe mecanicamente. Coloque um pouco mais de atenção ao caminhar, vá mais devagar, permita que cada passo seja dado com o máximo de consciência.  Comece pelas coisas pequenas. Comer, tomar banho, cozinhar, lavar as roupas - desautomatize todas essas ações. Lembre-se desta palavra: "desautomatizar"; aí está o segredo para se tornar consciente. A mente é um robô, é assim que ela funciona. E um robô, claro, serve para algumas coisas, ele tem uma utilidade específica. Veja, por exemplo, o que acontece quando aprendemos a fazer alguma coisa nova. Sempre que aprendemos algo novo, no começo estamos bastante conscientes. Quando está aprendendo a dirigir, você também fica totalmente alerta. Você tem que ficar. Afinal, deve prestar atenção em muitas coisas: o volante, a rua, os pedestres, o acelerador, o freio, a embreagem. mÉ preciso estar consciente de tudo isso. São tantas coisas que você acaba até ficando ansioso, pois qualquer erro pode ser perigoso. De fato, é tão perigoso que você tem que permanecer CONSCIENTE. Porém, assim que aprende a dirigir, toda essa consciência já não é mais necessária. A parte robótica de sua mente assume a função. Isso é o que chamamos de aprendizado. Aprender alguma coisa significa transferi-la da consciência para o robô. É disso que trata todo processo de aprendizagem. Uma vez que você tenha aprendido alguma coisa, ela deixa de fazer parte da consciência e é encaminhada para o inconsciente. A partir daí, o inconsciente se encarrega das ações, e sua consciência fica livre para aprender algo novo.  Na verdade, isto é importantíssimo. Do contrário, você passaria a vida toda aprendendo uma única coisa.      A mente é um SERVO magnifico, é um computador genial. Use-a, mas lembre-se de que ela não deve dominá-lo...  Lembre-se sempre de deixar uma porta aberta por onde você possa sair do automático, do robô. A abertura dessa porta se chama MEDITAÇÃO. Mas não se esqueça: o robô é tão habilidoso que pode colocar até a meditação sob seu controle. Assim que tiver aprendido a meditar, a mente vai dizer: "Agora não se preocupe mais com isso, eu me encarrego de tudo. Pode deixar comigo, eu faço! E a mente é habilidosa: ela é uma máquina maravilhosa, funciona muito bem. Na realidade, apesar de todos os avanços da ciência, de todo o progresso em termos de conhecimento, até hoje ninguém ainda foi capaz de criar algo tão sofisticado quanto a mente humana... A mente é um milagre. Agora, quando alguma coisa é tão poderosa assim, ela também é bastante perigosa.  Você pode ficar tão hipnotizado pelo poder dela que acabará perdendo a sua alma. Quando você se esquece de vez, de estar consciente, o ego é criado. O ego é o estado máximo de inconsciência. E quando a mente tomou posse de todo o seu ser: ela se espalhou em seu interior como um câncer, até não restar mais nada. O ego é o câncer da essência interior, é o câncer da alma. E só existe um remédio: a meditação. Com ela, você começa a reivindicar alguns territórios conquistados pela mente.  É um processo difícil, mas emocionante; difícil, mas encanta- dor, é um processo árduo, sim, mas extremamente desafiador e estimulante. Ela irá trazer uma nova alegria para a sua vida. Quando recuperar alguns terrenos ocupados pelo robô terá uma grande surpresa; verá que está se tornando uma pessoa completamente nova, que todo o seu ser rejuvenesceu como se fosse um novo nascimento. E também ficará surpreso ao perceber que seus olhos veem mais, que seus ouvidos escutam mais, que suas mãos percebem mais, que seu corpo sente mais, que seu coração ama mais - tudo se potencializa... E ainda mais: você começa a entrar em comunhão com toda a existência...Você se transforma num com todo o espectro de cores; você se torna pura música, com todas as notas e tons. Sua vida se enriquece em todos os sentidos, torna-se multidimensional; ela ganha altura, ganha profundidade... Você começa a se expandir. Ao reivindicar partes suas que estavam com o robô, você realmente começa a viver. Pela primeira vez, você liga o aparelho do seu próprio ser. Esse é o milagre da meditação... Você só pode ser feliz se for você mesmo.    O problema é que você foi enganado. Seus pais e professores podem até já ter morrido - e, se estiverem vivos, não ficam mais em cima de você o tempo todo mas tudo aquilo que lhe ensinaram segue ressoando dentro de você, como suspiros sutis em seu interior. Eles se tornaram a sua própria consciência. A voz de seus pais tornou-se o seu ego. Caso faça algo que lhe desobedeça, imediatamente ela o condenará. Mas, caso faça tudo direitinho, ela o aplaudirá e elogiará. Ou seja, você continua sendo dominado pelos mortos. Primeiro sua mãe, seu pai, seus professores e sacerdotes foram colocando coisas na sua mente. Então, chegou um belo dia em que eles lhe disseram: "Agora siga por conta própria, não interferiremos mais". E o seu ego, então, seguiu atuando como uma espécie de agente invisível. Lembre-se disso: o ego é o seu cativeiro. Uma pessoa autêntica, é consciente, mas não tem nenhum ego. Por outro lado, uma pessoa artificial é inconsciente, mas tem um ego extremamente forte. O ego é algo que você recebe dos outros; a consciência é algo que você mesmo conquista. A mente está sempre no passado ou no futuro. Ela não consegue estar no presente, é absolutamente impossível para ela estar no presente. Quando você está no presente, a mente não está, por que está pensando. E como seria possível pensar sobre o presente? Você pode pensar a respeito do passado, pois ele já se tornou uma parte de sua memória,  a mente consegue refletir sobre ele. Você também consegue pensar a respeito do futuro, pois, como ele ainda não existe, a mente pode fantasiar sobre ele. A mente é capaz de fazer duas coisas: ou ela vai para o passado, onde existe espaço suficiente para ela se mover, com toda a vastidão do passado, que se estende indefinidamente; ou ela vai para o futuro, onde também existe uma vastidão sem fim, um espaço infinito para se fantasiar. Mas como é que a mente poderia funcionar no presente? É impossível; não existe espaço no presente para que ela possa se mover. O presente é só uma linha divisória, nada mais. Não existe espaço nenhum ali. Ele apenas separa o passado do futuro: é uma linha divisória, Você pode estar no presente, mas não ode pensar sobre ele. Para pensar, é preciso haver espaço; os pensamentos precisam de espaço, eles são como coisas lembre-se disso: os pensamentos são coisas sutis, são coisas materiais. Eles não são algo espiritual, porque a dimensão espiritual começa justamente onde cessam os pensamentos. É impossível pensar no MOMENTO PRESENTE; assim que começa a pensar você já está no passado. Por exemplo...Você vê uma linda flor no jardim e diz: "Que rosa linda" - e nesse exato momento, você já não está mais com a rosa; ela já se tornou uma lembrança. Quando a flor está lá, e você também está, ambos presentes um ao outro, como você poderia pensar? Como seria possível algum pensamento? Não existe espaço para isso. O espaço é tão reduzido - na verdade, não existe espaço nenhum que você e a flor sequer conseguiriam existir como dois seres distintos, não há  espaço suficiente para dois, apenas um pode existir. Por isso, no estado profundo de presença, você se torna a flor e a flor se torna você. Para a mente, você é só um pensamento, assim como a flor também é um pensamento. Porém, quando não há pensamentos, quem é a flor e quem é aquele que observa? O observador se torna a coisa observada. De repente, todas as fronteiras desaparecem. Você entrou profundamente na flor e a flor entrou profundamente em você. E, subitamente, vocês deixam de ser dois - existe apenas um. Agora, se começar a pensar, vocês  voltam a ser dois novamente. Se você não pensar, onde está a dualidade? ... Quando você se senta ao lado da pessoa amada, de mãos dadas, você simplesmente existe. Você não pensa no passado, nos dias que já se foram não pensa no futuro que vem pela frente, se aproximando você simplesmente está aqui, agora. E é tão bonito estar aqui e agora, tão intenso; nenhum pensamento consegue penetrar  nessa intensidade. É uma porta muito estreita a porta do presente é muito estreita. Dois seres não conseguem passar por ela ao mesmo tempo; apenas um.    No presente, é impossível pensar, é impossível fantasiar, porque fantasiar não é mais do que pensar por meio de imagens. Ambos são coisas, ambos são materiais.  Quando você está no MOMENTO PRESENTE, sem pensar, você se torna espiritual pela primeira vez. E uma nova dimensão a dimensão da consciência.  
OSHO - Vivendo perigosamente a aventura de ser quem você é ! 

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

  WORKSHOP "MOMENTO PRESENTE"



EM RIO DOS CEDROS SC   -   MARÇO 2019
INÍCIO: SÁBADO 16/03/2019  às 07:45 hs.
TÉRMINO: DOMINGO 17/03/2019 às 12:00 hs.   
LOCAL: ESSENCIAL E DIVINO - ESPAÇO TERAPÊUTICO
RUA: ALBERTO KLUG, 30 - CENTRO CONTATO / INSCRIÇÃO: 
MOGIANA - (47) 98838 0195    ou
ELIS REGINA - (47) 99116 4471

Convite no Facebook clique AQUI



CONTATO / INSCRIÇÃO: 
MOGIANA - (47) 98838 0195    ou
ELIS REGINA - (47) 99116 4471        elis@vortexpsi.net

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019


Nunca imite

“A mente adora imitar, pois imitar é muito fácil. Agora, ser alguém é muito mais difícil. Tornar-se alguém é facílimo, basta ser um hipócrita, o que nem é muito complicado. Lá dentro você permanece o mesmo, mas na superfície você segue se maquiando de acordo com determinada imagem.


Por exemplo, o cristão está sempre tentado ser como Cristo – é isso que a palavra “cristão” significa, ele adoraria ser como Cristo; e caminha nessa direção; mesmo que ainda esteja muito distante, vai seguindo devagar. Um cristão é alguém que tenta ser como Cristo; um muçulmano é alguém que tenta ser como Maomé; e por aí vai.
Acontece que, infelizmente isso não é possível, nada disso faz parte da natureza do universo. O universo só cria seres únicos. A existência não tem a menor ideia de como fazer réplicas, cópias de papel carbono ou de xerox, ela só sabe fazer seres originais. E cada indivíduo é tão original e único que, se tentar ser como Cristo, na verdade estará cometendo suicídio. Se tentar ser como Buda, estará cometendo suicídio.
Assim, o segundo pedido é: não imite. Se você realmente quer saber quem você é, por favor, evite imitações; pois imitar é apenas uma forma de evitar conhecer a si mesmo.
Você não pode mudar as leis do universo. Você pode apenas ser o que você é, e nada mais. E é maravilhoso ser quem você é. Tudo aquilo que é original irradia beleza, frescor, perfume, vitalidade. Toda forma de imitação é algo morto, apagado, falso, plastificado.
Você pode até fingir, mas quem você acha que está enganando? Exceto a si mesmo, não engana ninguém. E qual o sentido de toda essa enganação? O que você vai ganhar com isso?
Ainda hoje, há milhares de pessoas que vivem de acordo com os preceitos de Buda. É bem possível que esses preceitos tenham sido bons para Buda, que ele tenha feito um bom uso deles; não tenho nada contra Buda Gautama. Mas ele não estava imitando ninguém!
É isso, que você não vê. Você acha que Cristo imitava alguém? Se você tiver só um pouquinho de inteligência, o mínimo que seja, já basta para entender esse fato tão simples; não precisa ser nenhum gênio. Quem Cristo imitou? Quem Buda imitou? Quem Lao-Tsé imitou? Ninguém! É por isso que eles floresceram. Mas você está só imitando.
A primeira coisa que você deve saber é que uma das bases de uma vida religiosa é justamente não imitar. Não seja um cristão, não seja um muçulmano, não seja um hindu. Só assim você vai descobrir quem você é.
O problema é que, muito antes de descobrir a si mesmo, você acaba se cobrindo com todo tipo de rótulos, e ao ler esses rótulos, pensa que é isso o que você é – um muçulmano, um cristão, um judeu. Mas isso são apenas rótulos, etiquetas coladas por você mesmo, por seus pais ou por todas as pessoas bem intencionadas que o cercam."


(Osho- “Vivendo perigosamente A aventura de ser quem você é”.)

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019



Não deixe sua dúvida morrer





“Ela é a coisa mais valiosa que você tem, pois é justamente a dúvida que, um dia, irá ajudá-lo a descobrir a verdade. Todas essas pessoas de que falamos antes dizem: "Creia!" O primeiro objetivo deles é destruir a sua dúvida. Comece com fé, pois, se não tiver fé, a cada passo você irá questionar alguma coisa. Por isso, este é o meu primeiro pedido a você: duvide até que descubra por si mesmo. Só creia quando tiver descoberto por conta própria. Se você crê, nunca será capaz de chegar ao conhecimento por si mesmo. A crença é um veneno; ela é o veneno mais perigoso que existe, pois ela mata sua dúvida. Ela mata a sua curiosidade; ela rouba a sua ferramenta mais valiosa...
Duvide, e siga duvidando até atingir um ponto em que já não possa duvidar. Só quando você compreende algo por conta própria é que pode deixar de duvidar”.

(Osho- “Vivendo perigosamente A aventura de ser quem você é”.)